fbpx

Automassagem para relaxar e melhorar a concentração

Dor de cabeça e tensão: entenda essa relação
setembro 11, 2019
Conheça os benefícios da técnica Mindfulness
setembro 11, 2019
Exibir tudo

Automassagem para relaxar e melhorar a concentração

Muitas vezes estamos inseridos em contextos que geram em nós sentimentos como stress e ansiedade. Eles desencadeiam uma série de sintomas, como alterações no sono, no apetite e até a depressão. Outro sintoma bastante comum, decorrente do stress e da ansiedade, é a cefaleia tensional.

Na maioria das vezes não podemos fugir de situações estressantes, mas podemos controlar a forma como lidamos com elas, por isso buscar alternativas para tratar esses sintomas também é muito importante.

É sobre isso que vamos falar neste artigo. Opções para você evitar a cefaleia tensional e, caso ela apareça, sugestões para tratá-la, sem ingerir tantos medicamentos.

Cefaleia tensional, um sintoma causado por stress e ansiedade

Geralmente, a cefaleia tensional acontece depois de uma situação de stress, por exemplo, um dia difícil no trabalho ou uma reunião complexa. A dor possui diferentes níveis de intensidade e gera bastante desconforto.

Quem é afetado por ela tem a sensação de ter uma faixa apertando e fazendo pressão na cabeça. Consequentemente, a cefaleia tensional pode gerar irritabilidade, fadiga e dificuldade de concentração. Em geral, as mais atingidas são mulheres com idade entre 20 e 40 anos, mas homens dessa faixa etária também fazem parte desse grupo.

Por se tratar de algo que possui causa emocional, a dor passa após repouso ou uso de analgésicos. Mas em casos crônicos ela dura anos e os analgésicos perdem sua eficácia e em certos casos, quando se abusa desta medicação, pode desencadear a dita cefaleia.

É importante entender que a cefaleia tensional está relacionada com o estilo de vida, portanto logo a dor volta e assim se torna crônica.Tomar muitos medicamentos sempre que isso acontecer não é a melhor solução, a melhor forma de eliminar a cefaleia tensional é relaxar. Existem várias formas de fazer isso, por exemplo, a automassagem.

Benefícios da automassagem

Atualmente profissionais de saúde já reconhecem a massagem como um recurso para prevenir e tratar a dor. Os benefícios de uma automassagem feita corretamente são imediatos. Você sentirá redução da ansiedade, alívio da tensão, relaxamento muscular, aumento da circulação sanguínea e melhora na concentração.

Como fazer automassagem

A seguir, vamos dar algumas dicas de automassagem para quando aquela dorzinha de cabeça chata te pegar. Confira!

Faça massagem nos pés, eles afetam outras regiões

Estenda no chão um tapetinho para que você possa se sentar de forma confortável. Sente-se no tapete com as pernas cruzadas e a planta dos pés para cima. Abra os dedos, massageie todos eles, principalmente as pontas. Faça essa massagem em movimentos circulares, repetindo três vezes em cada um.

Inicie a massagem de forma suave e, conforme você for sentindo necessidade, intensifique o toque. Você também pode utilizar seu cotovelo para pressionar a planta dos pés. Geralmente há muita tensão nessa região. Ao massagear ela, você também faz com que a tensão das costas e ombros sejam aliviadas.

Massageie os ombros, pescoço e cabeça, eles possuem muita tensão!

Agarre a musculatura do ombro, mais precisamente na região do trapézio, com seus 4 dedos. Faça movimentos circulares pelos menos 5 vezes de cada lado. Suba para o pescoço, ainda fazendo movimentos circulares. Inicie os movimentos pela lateral e vá até perto da orelha. Depois passe para a parte de trás.

Assim que finalizar a massagem na parte de trás do pescoço, suba para a nuca. Realize movimentos circulares em toda a região. Na nuca os movimentos devem ser feitos com uma leve pressão, por cerca de 2 minutos. Em seguida suba para a cabeça. Massageie principalmente o topo.

Faça massagem no rosto, a tensão dessa região também gera dor de cabeça

Massageie a linha do queixo do meio para fora, seguindo por toda a linha do maxilar. Depois contorne toda a maçã do rosto. Também faça na região das sobrancelhas. Posicione os polegares entre elas com as pontas para baixo. Contorne do meio para fora, até chegar nas têmporas.

Ainda nas sobrancelhas, utilize os polegares e os indicadores para fazer uma pinça e aperte elas pelo menos três vezes cada uma. Siga para as têmporas e faça a massagem no sentido horário e anti-horário.

Tensão na região do maxilar também causa cefaleia tensional

Muitas vezes o indivíduo descarrega a tensão causada pelo stress nos dentes, apertando os de forma inconsciente. Durante muito tempo pensava-se que este hábito acontecia somente durante o sono, contudo, estudos recentes mostram que o bruxismo é mais frequente durante o dia (enquanto se está acordado), em momentos de estresse, ansiedade ou concentração, e de forma inconsciente.

Essa ação acarreta em muita dor na região do rosto, da cabeça e da nuca e pode acometer outras estruturas, como os ouvidos provocando zumbido e as articulações temporo mandibulares, as ATMs, causando estalos e inflamações locais.

A automassagem ensinada acima pode ajudar muito na redução da cefaleia tensional, causada pelo apertamento dos dentes. Porém, só uma mudança no estilo de vida pode cortar o mal pela raiz, ou seja, acabar com o stress. Fazer exercícios físicos, ter um sono reparador e uma alimentação saudável pode ajudar a controlar alguns gatilhos desta dor.

Além disso, existem alguns tratamentos que podem auxiliar na melhora da cefaleia tensional, como é o Tratamento LIVA. Esta inovadora abordagem terapêutica não medicamentosa, não invasiva e totalmente reversível não apresenta praticamente nenhuma contra indicação. Ela visa, através do conceito de biofeedback, a reeducação somática do paciente no intuito de ajudá-lo a controlar alguns gatilhos que podem causar a cefaleia tensional como o Bruxismo de Vigília.

Tratar a tensão nessa região é muito importante para melhorar sua qualidade de vida, portanto, não demore para buscar tratamentos e mudar hábitos.

Precisa de ajuda? Converse Conosco